WhatsApp
selo de 30 anos

Guie sua Organização

} 5 minutos de leitura

Início » Blog de Empreendedorismo » Guie sua Organização

O que importa é o resultado independente do processo de tomada de decisão que o gerou. Resultados são fundamentais, desde que tenham razões sensatas e compreensíveis que o justifiquem.

Leia as cinco afirmativas abaixo e atribua um SIM ou NÃO, avaliando o contexto de sua empresa:

1. Na minha empresa nunca discordamos das ordens dos superiores: manda quem pode, obedece quem tem juízo.

2. Todos estamos muito alinhados, pensamos todos da mesma maneira.

3. Avaliamos tudo pelo resultado, e somente pelo resultado.

4. Quando investimos muito em uma estratégia, vamos com ela até o fim.

5. Sistematicamente temos planejamentos otimistas: convivemos com algumas entregas de projetos atrasadas.

Como estão seus vieses de pensamento?

Bem, se você teve mais SIM do que NÃO, cuidado.

Melhor ainda, para cada SIM que você teve, atente-se ao viés que está submetido:

Viés da autoridade

Cuidado: chefe é o objetivo e não a pessoa.

Sempre que estiver no avião lembre que é salutar a discordância do copiloto e em relação ao piloto: pode representar evitar uma fatalidade!

Viés da disponibilidade

O risco aqui é você se ver em um meio “nazista”, mas acabar achando natural. Promova a convivência com pessoas diferentes.

Amplie seu mundo.

A tal mentalidade elástica é o exercício de evitar o viés da disponibilidade.

Viés do resultado

O que importa é o resultado independente do processo de tomada de decisão que o gerou.

Resultados são fundamentais, desde que tenham razões sensatas e compreensíveis que o justifiquem.

Caso contrário pode estar premiando a sorte!

Falácia do custo irrecuperável

Eis um tema importante, não conseguimos ver a decisão de continuar uma determinada aposta isolada dos investimentos iniciais.

Tendemos a apostar mais ou estar mais dispostos a esperar resultados daqueles investimentos que já fizemos.

Temos dificuldade em aceitar que erramos, aceitar perdas de investimentos “enterrados” e seguir em frente. Com isso vamos afundando cada vez mais!

Falácia do planejamento.

tendemos a ser auto iludidos e menosprezamos influências externas aos projetos.

Nossa tendência é ser otimista.

Busque o exercício de pensar no desastre do projeto, antecipe-se à potenciais problemas.

Enfim, brinquei de fazer essa reflexão inspirando na leitura do livro “A arte de pensar claramente”.

Cabe atenção contínua à nossa inércia de pensamento, que nos leva para situações que podem colocar em risco nossas vidas e nossas empresas.

Risco de perder dinheiro, fazer escolhas ruins ou ter vidas menos felizes.

Leia mais: crie esse hábito

Uma defesa desse mesmo autor: as notícias importantes para você chegarão naturalmente pelo seu ciclo de convivência. Elimine o…

Conteúdos Exclusivos

Escritório Compartilhado

Espaço flexiveis para a sua empresa em Escritório Compartilhado

escritório compartilhado

Dicas para Criar Posts

A criação de posts depende em grande parte de pesquisa.